I SEMANA DA DIVERSIDADE SEXUAL DE JAGUARÃO

TEMA: “UM GRITO CONTRA O PRECONCEITO”

DATA: 24 a 30 de março de 2014

ORGANIZAÇÃO: Instituto Conexão Sociocultural

FOMENTO: Prefeitura Municipal de Jaguarão

APOIO: Grupo Nuances LGBT (Porto Alegre), PET – Produção e Política Cultural, Unipampa, Câmara de Vereadores de Jaguarão, ALGBT- Rio Grande, Coletivo Margaridas, URSUL- Ursos do Sul (Porto Alegre),  Hotel Rios e Fusion Music e Lounge

PROMOÇÃO: Programa Frequência Total

APRESENTAÇÃO:

A I Semana da Diversidade Sexual de Jaguarão, teve como tema da sua edição “Um grito contra o preconceito”, realizada entre os dias 24 a 30 de março de 2014. O projeto surgiu através da constatação que no município em questão não há conhecimento de uma ação ou política pública, que considere a liberdade de expressão e da livre orientação sexual e que coíba sua descriminação ou preconceito. A semana contou com palestras e seminários sobre a diversidade sexual, casamento homoafetivo, adoção, entre outros temas e teve o encerramento com a primeira edição da Parada LGBTT de Jaguarão.

PROGRAMAÇÃO:

24/03 Segunda – Abertura oficial junto a Câmara Municipal de Vereadores de Jaguarão às 19:00 Com a presença de Jarbas Tauryno(São Paulo) e Ma. Ana Caroline Jardim (Universidade Caxias do Sul)

25/03 Terça – Manhã e Noite: Palestra sobre diversidade sexual na escola Padre Pagliane.

26/03 QuartaManhã: Palestra sobre diversidade sexual na escola Antonio de Sampaio.

Noite – Palestra sobre diversidade sexual na escola Pereira Vargas.

27/03 Quinta – 09:00 – Unipampa – Seminário “Corpos em foco: discutindo alguns marcadores sexuais e de gênero” Ministrantes: Profa. Dra. Raquel Pereira Quadrado, Ma. Dárcia Amaro Ávila e Mestranda – Taina Guerra Chimieski (FURG).

19:30 – Cine Clube documentário “Dzi Croquettes” – Câmara Municipal de Vereadores de Jaguarão.

28/03 SextaTarde: Apresentações no centro.

29/03 Sábado 10:00 – Oficina Teatro e Diversidade – Unipampa (Com Ator e Diretor Cid Branco).

16:00 – “Pensando a Produção Cultural no segmento LGBT” – Auditório Unipampa. Participação “Grupo Nuances” Porto Alegre e “Grupo Também” de Pelotas.

23:00 – Festa Pré Parada – Fusion Music e Lounge.

30/03 Domingo – 1ª Parada LGBT

14:00Início – Concentração na Praça do Regente

15:00 – Caminhada pela Av 27 de Janeiro até o Cais do Porto

15:30 – Cais do Porto – Apresentações e Shows.

17:30Encerramento

II SEMANA DA DIVERSIDADE SEXUAL DE JAGUARÃO

TEMA: “CENSURADO, INDECENTE E NATURAL”

DATA: 13 a 19 de abril de 2015

ORGANIZAÇÃO: Instituto Conexão Sociocultural

FOMENTO: Prefeitura Municipal de Jaguarão (Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, Secretaria de Cultura e Turismo e Secretaria de Educação e Desporto) e Poder Legislativo de Jaguarão.

APOIO: Hotel Rios, Coletivo Pé de Que, Coletivo Margaridas, Clube Social 24 de Agosto, PET Produção e Política Cultural, Universidade Federal do Pampa e Círculo Operário de Jaguarão.

PROMOÇÃO: Programa Frequência Total Rádio Mauá FM.

APRESENTAÇÃO:

O projeto da II Semana da Diversidade Sexual de Jaguarão tendo como tema “Censurado, indecente, natural” teve por objetivo principal promover um espaço de discussão e visibilidade às pautas de luta dos grupos que compõem o movimento LGBTT, de forma a buscar o conhecimento, as limitações, as dificuldades e suas conquistas ao longo da militância, bem como, aproximar a população jaguarense do diálogo sobre as diversas formas de expressão da sexualidade humana.

Durante a primeira edição foi abordada a temática do preconceito, direcionando a comunidade em geral no combate as discriminações e intolerância a diversidade sexual, nesta edição a ideia foi trabalhar não só com a comunidade generalizadamente, mas também com o sujeito da comunidade LGBTT, estimulando a aceitação do corpo e desmistificando a ideia causada pela heteronormatividade, que impõe a censura do corpo.

De modo geral, foram realizadas ações como: formação nas escolas do Município com alunos, professores e gestores, seminários voltados a discussão da temática, exibição de filmes ao céu aberto, roda de conversas e finalizando com a Parada LGBTT pela diversidade sexual.

PROGRAMAÇÃO:

10/04 Sexta – Sessão Maldita – Praça do Regente – Exibição de filmes pré semana

13/04 Segunda – Palestras nas escolas

Manhã: Escola Antônio de Sampaio

Tarde: Colégio Estadual Carlos Alberto Ribas – Liceo Rio Branco

Noite: Escola Padre Pagliane – Instituto Espirito Santo

14/04 Terça – Seminário de Abertura – Biblioteca Pública

19:00 – Me. Ana Caroline Jardim (Mestre em Serviço Social e Docente da Universidade de Caxias do Sul)

Fala: Diversidade sexual e de gênero: para além da heteronormatividade.

– Abertura da exposição de fotografias baseadas na temática do evento

15/04 Quarta – Palestras nas escolas

Manhã: Escola Castelo Branco – Escola Lauro Ribeiro (Bretanhas)

Noite: Escola Pereira Vargas.

16/04 Quinta

Noite: 19:30 – Unipampa – Seminário “Corpos em foco: discutindo alguns marcadores sexuais e de gênero” Ministrante: Profa. Dra. Raquel Pereira Quadrado (FURG).

17/04 Sexta

Tarde: Intervenção de teatro

Noite: 19:30 – Cine Debate – Clube 24 de Agosto. – Coletivo Margaridas.

18/04 Sábado

16:00 – “Pensando a Produção Cultural – Entre ocultamentos e revelações: uma leitura do nu na história da arte” – Clube 24 de Agosto.

Ministrante: Professor Dr. Clóvis da Rolt.

00:00 – Festa Pré Parada

19/04 Domingo 2ª Parada LGBTT

Apresentação: Glória Crystal (Secretária Adjunta da Livre Orientação Sexual – Porto Alegre)

Participação: Marina Reidel (Coordenadora de Diversidade Sexual da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos)

16:00Início – Concentração na Praça do Regente

17:00 – Caminhada pela Av 27 de Janeiro até o Centro de Comercio Informal – Ponte Mauá

17:30 – Centro de Comércio Informal – Palco apresentações e shows.

 

20:30Encerramento

III SEMANA DA DIVERSIDADE SEXUAL DE JAGUARÃO

TEMA: “UM GRITO NO SILÊNCIO”

DATA: 18 a 24 de abril de 2016

ORGANIZAÇÃO: Instituto Conexão Sociocultural

FOMENTO: Prefeitura Municipal de Jaguarão

APRESENTAÇÃO:

O projeto da III Semana da Diversidade Sexual de Jaguarão tendo como tema “Um grito no Silêncio” tem por objetivo principal promover um espaço de discussão e visibilidade às pautas de luta dos grupos que compõem o movimento LGBTT, de forma a buscar o conhecimento, as limitações, as dificuldades e suas conquistas ao longo da militância, bem como, aproximar a população jaguarense do diálogo sobre as diversas formas de expressão da sexualidade humana.

Durante a primeira edição foi abordada a temática do preconceito, direcionando a comunidade em geral no combate as discriminações e intolerância a diversidade sexual, na segunda edição trabalhou-se não só com a comunidade generalizadamente, mas também com o sujeito da comunidade LGBTT, estimulando a aceitação do corpo e desmistificando a ideia causada pela heteronormatividade, que impõe a censura do corpo. Nesta edição a ideia é tratar do silenciamento imposto pela sociedade a essa população, através das mídias, da moda e da concepção de família, que faz com que esse sujeito se mantenha silenciado quanto a sua identidade.

JUSTIFICATIVA:

O tema “UM GRITO NO SILÊNCIO” da terceira edição da semana da diversidade sexual contempla a discussão acerca da dificuldade da aceitação da sociedade em relação a população LGBTT e de seu reconhecimento como sujeitos socioculturais ativos. Com o intuito de popularizar as discussões iremos manter constantemente atuações nas escolas do município, para que a juventude e seus educadores estejam incluídos nas ações de formação político social e sexual disponibilizadas, tendo em vista que acreditamos na educação como forma e ferramenta de transformação social  e cultural. Neste contexto a proposta vem ao encontro da necessidade de criar atividades socioculturais que contemplem a diversidade cultural e sexual da população local e das pessoas que visitam Jaguarão.

I SEMANA MUNICIPAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA DE JAGUARÃO

Entre os dias 18 e 23 de novembro aconteceu em Jaguarão a Sexta Semana Municipal da Consciência Negra de Jaguarão, que contou com a participação de brasileiros e uruguaios. Na programação foram incluídas diversas atividades, entre elas, mesas de debates, oficinas, apresentações culturais, mostra de curtas-metragens, Marcha de Zumbi dos Palmares, entre outras.

O Instituto Conexão Sociocultural foi um dos organizadores do evento e foi o responsável pela gestão jurídico-financeira, a organização contou ainda com os seguintes parceiros: Prefeitura de Jaguarão, através da Secretaria de Cultura e Turismo, Ponto de Cultura 24 de Agosto, Yle Axé Mãe Nice de Xangô, Associação de Capoeira Zumbi dos Palmares, PET História da Unipampa, Coletivo Pédequê?, Coletivo Margaridas e Centros MEC – Cerro Largo (UY).

Confira abaixo a programação:

18/11 (terça-feira)

19h – Abertura

Mesa de debate “O racismo no capitalismo e ações afirmativas para a população negra”.

Alcir Martins (Mestre em ciências sociais pela UFSM e militante do Coletivo Insurgência) e Jailton Neves Rasheed (Ativista do Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe).

Local: Ponto de Cultura 24 de Agosto

19/11 (quarta-feira)

16h – Roda de conversa, confecção de cartazes e mobilização para a Marcha na Praça Alcides Marques.

19:30h – Mesa de debate sobre “Identidade, Gênero e Diversidade”.

Everton Ferrer (Professor da Unipampa e integrante da coordenação do Fórum EJA do RS), Célio Golim (Presidente do Grupo Nuances) e Suelen Aires Gonçalves (Socióloga e integrante da direção nacional do Movimento de Luta pela Moradia).

Local: Ponto de Cultura 24 de Agosto

20/11 (quinta-feira)

20h Marcha de Zumbi dos Palmares.

Concentração: Cine Regente e deslocamento até o Clube 24 de Agosto, onde haverá roda de capoeira e apresentação de tambores.

Ogã Edna D’Ogum

Local: Ponto de Cultura 24 de Agosto.

21/11 (sexta-feira)

19:30h Fórum de debate sobre Saúde da população negra.

Eliane Oliveira Soares – Coordenadora da Saúde da População Negra de POA

22/11 (sábado)

19:30h Mostra de curta-metragens afro-latinoamericanos e debate com a participação do Coletivo Salvador, de Montevidéu e do Coletivo Pédequê?

Apresentação cultural “Os orixás e o atabaque” – Yle Axé Mãe Nice de Xangô.

23/11 (domingo)

9:30h Percurso de barco a antiga charqueada São Domingos.

Oficinas confirmadas:

Turbante – Mãe Nice de Xangô

Confecção de Bonecas Negras – Andréa Lima

Democracia racial e territórios negros em Jaguarão. PET História – Unipampa.